Rodada #11 do Candangão: tudo o que você precisa saber sobre os seis jogos
13/03/2018 16:00 Fonte Globo Esporte

A última rodada da fase de grupo do Candangão chegou prometendo fortes emoções para os torcedores. Todos os times entram em campo nesta quarta-feira, às 15h30, brigando por algo no campeonato. Ceilândia, Gama, Brasiliense, Real, Sobradinho, Paracatu e Luziânia já garantiram vaga na próxima fase, porém, ainda lutam para saber em qual posição irão ficar dentro do G8 - nas quartas de final e semifinal, os clubes com melhor campanha na fase de grupo têm a vantagem de jogar pelo empate. Formosa e Bolamense disputam a última vaga entre os oito primeiros que vão para as quartas de final. Paranoá, Samambaia e Santa Maria brigam contra o rebaixamento.

A má notícia para o público candango é a falta de estádios disponíveis para receber as partidas no DF. Com Serejão e Rorizão impedidos de receber os jogos, e o Mané Garrincha se preparando para receber o Fórum Mundial da Água, dois jogos terão que ocorrer no interior goiano: Brasiliense x Formosa, no Serra do Lago, em Luziânia, e Santa Maria x Bolamense, no Diogão, em Formosa. Veja abaixo todas as informações dos seis jogos da 11ª rodada do Candangão.

Com a vaga garantida nas quartas de final, o Brasiliense briga para terminar em primeiro lugar a fase de grupo e garantir a vantagem nas partidas de mata-mata. Para isso, precisa vencer o jogo e torcer por tropeços de Gama e Ceilândia. Já o Formosa, atual oitavo colocado, luta com o Bolamense pela última vaga do G8. Por isso, os goianos enfrentam o Jacaré de olho no duelo que ocorre no Diogão, entre Santa Maria e o time afro-brasileiro. Dependendo do resultado desta partida, os goianos podem se classificar para o mata-mata com um empate. Em caso de vitória para cima do Brasiliense, o Formosa se garante na próxima fase.

Almir Camargo apita, auxiliado por Kleber Alves e Gusthavo Souza. Leandro Almeida é o quarto árbitro.

Os dois times já estão classificados para o mata-mata, mas ainda têm objetivos dentro do G8. O Gama quer terminar a primeira fase na liderança, enquanto o Real quer manter a quarta colocação. Para o alviverde alcançar o objetivo, ele precisa vencer o Leão do Planalto e torcer para que o Ceilândia não derrote o Samambaia, além de ficar de olho no jogo do Brasiliense. Para o Real continuar na quarta colocação, a melhor garantia é a vitória. Caso o time empate ou saia do Bezerrão com a derrota, vai precisar torcer contra Sobradinho e Paracatu.

Rodrigo Raposo apita, auxiliado por Lehi Souza e Muller Aniceto. Christofeh Souza é o quarto árbitro.

Após bater o líder Ceilândia e conseguir a primeira vitória no Candangão, o Santa Maria chega embalado para o confronto contra o Bolamense. Mas a missão do Santinha para se livrar do rebaixamento não é fácil, o time precisa sair do Diogão com os três pontos e torcer para que Samambaia e Paranoá não vençam os seus jogos. Já o Bolamense não tem outra opção senão a vitória. A Onça-Pintada luta com o Formosa pela última vaga no G8 e chega na última rodada dois pontos atrás dos goianos. Para conseguir a classificação para a próxima fase, o time afro-brasileiro, além dos três pontos, também vai precisar de um tropeço do alviverde do interior goiano.

Vanderlei Soares apita, auxiliado por Lucas Guerra e Marconi Souza. Marcelo Rudá é o quarto árbitro.

Após assumir a primeira colocação ao bater o Brasiliense, o Ceilândia recebe o Samambaia de olho em permanecer no topo da tabela, enquanto o adversário luta contra o rebaixamento. A Cobra-Cipó enfrenta o Gato Preto de olho também nas partidas do Paranoá e Santa Maria, adversários diretos na briga contra a degola. Pelo lado dos donos da casa, a vida está mais tranquila. Garantido na próxima fase, o Ceilândia depende apenas de si para manter o topo da tabela.

Luiz Aniceto apita, auxiliado por Lucas Modesto e Jonas Oliveira. Gutemberguisom Almeida é o quarto árbitro.

Os dois times já estão na fase de mata-mata, porém, precisam ainda definir em qual colocação irão se classificar. Atual quinto colocado, o Sobradinho pode chegar, dependendo dos resultados da rodada, até à quarta colocação. Já o invicto Luziânia, também dependendo dos resultados, pode acabar a fase de grupo na quinta posição.

Cristiano Nascimento apita, auxiliado por Daniel Henrique e Leila Cruz. Felipe Barbosa é o quarto árbitro.

Em Minas Gerais, o Paracatu recebe o desesperado Paranoá no Frei Noberto. Classificado para a próxima fase, o Águia do Noroeste luta pela quarta colocação, mas irá precisar vencer a partida e depender dos outros resultados da rodada. Já o objetivo do Paranoá é completamente diferente. Lutando contra o rebaixamento, a Cobra Sucuri é o atual décimo colocado com seis pontos. Primeiro time fora da zona da degola, o Paranoá consegue se livrar do rebaixamento até com uma derrota, desde que Samambaia e Santa Maria não vençam os seus jogos.

Emanoel Ramos apita, auxiliado por Mizael Quintino e Milton Alves. Marco Antônio é o quarto árbitro.

Notícias relacionadas
Após falha, Nico leva histórico como trunfo por redenção contra o Palmeiras 22/04/2018 11:01 Uruguaio, que perdeu pênalti na eliminação contra o Vitória, na Copa do Brasil, tem três gols anotados em quatro jogos diante do Verdão(...) Palmeiras,Internacional,Coritiba Fonte: Globo Esporte
Palmeiras terá novidade no time titular para tentar resolver problemas na zaga 22/04/2018 09:46 Há três jogos sem vencer, Roger viu o setor falhar seguidamente nas partidas contra Corinthians, Boca Juniors e Botafogo (...) Palmeiras Fonte: Fox Sports
Tevez titular e antigo desafeto de Felipe Melo: veja o Boca que deve pegar o Palmeiras 22/04/2018 09:31 Boca Juniors encara o Newell's Old Boys pelo Campeonato Argentino em 'aquecimento' antes da Libertadores. Leia mais abaixo (...) Palmeiras Fonte: Fox Sports
Comentários