Homem agredido por alvinegros no Nilton Santos é torcedor do Botafogo
08/11/2019 13:25 Fonte UOL

Um dos vídeos que circulou em diversas redes sociais após o , no Nilton Santos, na noite de ontem (7), pelo , mostra um grupo de alvinegros agredindo um rapaz que estava no chão, ainda nas dependências do estádio. Em publicações, foi apontado que ele seria um "infiltrado", ou seja, um rubro-negro que estava assistindo ao jogo no setor destinado aos botafoguenses. A vítima, porém, era Sérgio Fernando Pacheco Cavalcante, de 38 anos, que é torcedor do Botafogo.

Nas imagens, pode-se ver Sérgio sem camisa e sendo cercado por alguns seguranças, que buscam uma maneira de conter a violência contra ele. Ele deixou o local arrastado e, após passar a noite hospitalizado, está em casa.

O ataque aconteceu ao fim da partida, pouco depois do gol do Flamengo. Segundo Ana Paula, esposa de Sérgio, ele sempre vai aos jogos do Botafogo e, inclusive, ele estava vestindo o uniforme alvinegro quando passou a ser alvo de socos e chutes de outros torcedores do clube de General Severiano.

"Sempre vamos aos jogos. Quinta-feira passada, estava eu, ele e meu filho de 12 anos no jogo contra o Cruzeiro. Ele é botafoguense desde pequeno, sempre vai ao estádio. Não tem nada de flamenguista", afirma Ana, que conta o que aconteceu no clássico:

"Quando o Flamengo fez o gol, ele saiu p... em direção ao banheiro e, de lá, para ir embora. Ele estava com a camisa do Botafogo, branca e preta listrada. Roubaram a camisa, cordão e o celular dele. Agrediram ele quase até a morte".

Sérgio, que é taxista, está em casa, mas sem poder trabalhar após ter sido vítima do espancamento:

"Ele está sem dente, todo machucado, sem condição de trabalhar. Ele é autônomo, taxista, pai de família. Agora, está em casa, todo machucado".

O alvinegro, logo que chegou ao estádio para assistir ao clássico, enviou uma foto à esposa, com a camisa do clube de coração e um sorriso no rosto.

Diversos casos de agressão foram relatados, e muitos filmados, dentro e fora do Nilton Santos na noite de ontem (7).

Em entrevista ao , pouco tempo após o apito final, o tenente-coronel do Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios (Bepe), o comandante Silvio Luiz, , 15 acabaram detidos no bairro de Jacarepaguá e um está gravemente ferido após ser linchado por este grupo.

Notícias relacionadas
Mano Brown visita CT do Santos e vê Sampaoli: "Amor pelo balón e pelo rap" 21/11/2019 18:06 "Amor pelo balón e pelo rap. Que dupla!", escreveu o perfil oficial do Santos no Twitter. A foto mostra o artista e o técnico argentino lado a lado.(...) Fonte: UOL
Blogueiros: Por que Sampaoli deve, sim, deixar o Santos e buscar nova casa 21/11/2019 17:41 Dentre os motivos, o blogueiro destaca o orçamento menor em relação a esse, a necessidade de vender quatro jogadores, os direitos de imagem atrasados e o desentendimento entre o superintendente Paulo Autuori - que já adiantou que não seguirá em 2020 - e o(...) Fonte: UOL
Sampaoli pode deixar Santos de graça em 2020; Racing já é o 1º interessado 21/11/2019 14:49 A informação foi publicada pela "Gazeta Esportiva" e confirmada pelo . Sampaoli nunca quis que o vínculo tivesse multa rescisória e tentou retirá-la desde o momento da assinatura, já que as negociações foram feitas por um agente do técnico - que hoje já n(...) Fonte: UOL
Comentários